XXX > Vídeos Pornô Grátis do xxx Brasil e Internacional

Xxx

Salve nos FAVORITOS! Todos os dias xvídeos Novos!

XXX > Vídeos Pornô Grátis do xxx Brasil e Internacional

O melhor do xxx grátis

A categoria de xxx tem vídeos pornô com mulheres gostosas. Prepare-se para uma experiência de excitação sexual e muito tesão que você está prestes a vivenciar.

xxx

Navegue também pelas nossas outras páginas que aqui é prazer garantido pra você gozar até não aguentar mais. E todo dia tem vídeo novo na home do site, então venha mesmo!

O dia que meu cliente me fez gozar

Como você já deve ter visto pelo visto eu sou garota de programa e vou contar um pouco de uma de minhas experiências com um cliente. Se ele chegar a ler, vai saber que é pra ele. E vai saber o quanto eu me envolvi mesmo tendo sido uma noite só. Sou morena e tenho cabelos compridos, a bunda é o que mais chama atenção, dura redonda e bem grande. Muito bem desenhada na academia pra agradar todos só de olhar. Os peitos são de tamanho médio mas durinhos e empinados. O bronzeado também ajuda na hora da sedução, trazendo marquinha de biquíni em cima e embaixo. Sem contar na experiência que me faz saber exatamente o que cada um quer.

Apesar de não ser muito comum se envolver com um cliente, dessa vez foi diferente. Nós, garotas de programa, não gostamos de nos envolver e com certeza é melhor assim. Por motivos óbvios.

Até pra gozar...

Até pra gozar há um certo receio porque a preocupação em satisfazer o cliente e cumprir os horários faz com que seja meio difícil conseguir se concentrar em gozar. Essa definitivamente não é a nossa prioridade. Sem contar a agenda cheia de compromissos que vem depois, um logo depois do outro, realmente é muito difícil chegar a gozar de verdade. É claro que a gente finge sempre, e eu fui ficando cada vez melhor nisso.

Só que dessa vez algo diferente aconteceu e eu vou tentar explicar. Porque esse tipo de coisa é mais fácil de se viver mas pra traduzir em palavras fica mais difícil. Mas eu vou tentar. E tenho certeza que você vai gostar do que eu vou te dizer.

Recebi essa mensagem no whatsapp xxx numa noite e o programa seria no mesmo dia. Corri pro motel combinado pra atender a essa demanda. Estava fazia um bom tempo sem me masturbar e sem dar uma gozada sincera. Estava precisando daquilo. Arrumei em frente o espelho. Uma make bem marcada, olhos pretos e uma boca bem vermelha. Toda maquiagem pensada em parecer a puta mais quente da cidade. Botei um vestido curtinho e que salientasse a bundinha deixando bem empinada. A lingerie era de rendinha e o fio dental era tão pequeno que se perdia no meio do meu cuzinho.

Chegando no motel

Corri e cheguei no local marcado. Quando aquele moreno alto apareceu na minha frente eu já comecei a ficar molhada só de olhar. Que tesão de homem! Um corpo todo feito pro pecado, nossa, quase passei mal. Já queria correr e começar a dar a buceta e ainda um anal de bônus, na faixa, só porque ele merecia. Os braços grandes e o corpo todo sarado, sabia que ele poderia dar trabalho, mas estava topando o desafio.

Sentei cruzando as pernas devagar e entre as coxas grossas um líquido bem cremosinho. Senti isso e já olhei pra ele com a cara de safada mais ainda do que já costumo fazer. Esperei ele sentar do meu lado e pegar um drink. Conversou bem pouco, na verdade só me olhou nos olhos e já começou a me beijar. A boca carnuda dele seria capaz de realizar todas as minhas fantasias. Só tava beijando e eu já tava pensando no resto. Segurando na nuca do moreno fiz ele quase engolir a minha língua puxando pelo cabelo pra mais perto de mim.

Assim que ele deu uma abridinha na perna pra chegar mais pertinho de mim, já levei a mão na calça dele. Que tora dura que tava por baixo. Senti como se fosse um pedaço de pau pronto pra me arrombar. Ele já tava daquele jeito também. Mas logo ele que eu tava louca pra fazer ficar excitado com o meu oral. Mas claro que não impediu de eu dar o melhor boquete da minha vida.

Abri o zíper

Tirei a rola deliciosa dele pra fora. Abri o zíper com cuidado enquanto as nossas bocas estavam grudadas num beijo. Segurei na pica dele agora peladinha. Comecei a punhetar e fui desgrudando da boca gostosa bem devagar. Fez um barulhinho um estalido de beijo molhado, gostoso e intenso. Foi demorado e bem devagar, sentindo a linguona grande e molhadinha dele. Dei uma mordida no lábio inferior e uma chupada. Depois levei a minha boca gulosa de encontro ao pau dele. Começo passando apenas a ponta da língua com movimentos circulares em torno da cabecinha do pau. Ele segurou bem forte no sofá com as duas mãos. O tesão bateu forte porque eu senti correndo nas veias grossas daquela pica. Fui dando beijos devagar em torno do pau, mas sem chupar. Estava deixando ele louco.

Quando começou a mamada, ele soltou um gemido. Eu sugava com força o pau dele, enfiando e tirando de dentro da boca. Fiz ficar todo lambuzado da minha saliva e dei uma cuspida só pra ele pirar. Com o moreno delirando na minha frente agora minha buceta tava mais meladinha. Abri a perna e fiquei passando a mão nela pra aliviar e também pra fazer um charme. Ele colocou a mão e ficou fazendo movimentos circulares com o dedão em volta do meu grelo. Parei o oral porque estava irresistível demais. Começo a gemer igual a uma piranha safada. E pedia: "Deixa o meu grelo molhado vai seu gostoso!". E ele obedecia. Mas pegou na minha nuca e levou a minha boca até o pau dele novamente.

Ele dominava

Agora ele que ditava a frequência nesse xxx erótico, fez o pau chegar até na minha garganta e eu ia engasgando e chupando. Deixando o pau todo molhado e chupando rapidamente, num devaneio e numa vontade incansável de não parar mais. Deixava ele molhado, e com o saco todo escorregadio. Nele eu ia pegando e fazendo uma massagem. Agora que já tava toda lambuzada de pau na cara, ele já queria lambuzar outro lugar.

Eu já tava meio deitada de ladinho mas ele me pegou e jogou na cama. Que homem forte! Veio pra cima de mim e já foi passando o pau dele no meu grelo. Esfregava a cabecinha sentindo minha chaninha ficar cada vez mais molhada. Tudo o que eu queria era que ele começasse a enfiar logo. Veio por cima e começou a enfiar botando apenas a cabeça e eu pedi pra ele botar tudo logo. Ele beijou minha boca suavemente e mandou eu calar a boca de forma educada e gentil. Depois enfiou tudo de uma vez e o pau era bem grande. Dei até um grito e não sei bem do que. De susto talvez, mas o susto mais gostoso que já tive na vida.

A melhor foda

Ele foi metendo mais sem deixar sair. Começo a gemer mais alto e ele bota a mão tampando a minha boca. Segurou ela e agora ele começa a acelerar o ritmo. Começou a meter rápido e com força, apertando minha boca cada vez mais forte. Mas tava gostoso sentir o peso daquele homem inteiro por cima de mim.

Eu sentia aquela jeba enorme me foder lá dentro e ia gemendo um gemido com força mas abafado pela mão grossa daquele homem. Ele tirou a mão da boca e deu uma leve mordida no meu lábio, sugou minha língua pra fora e mordeu ela também. Ia dando mordidinhas leves agora nos meus lábios e tapinhas na cara. Eu tava adorando tudo aquilo. Uma mão grande e grossa que me estapeava fazendo os sentidos da minha xoxota ficarem aguçados.

Então ele saiu e me virou de bruços. Abriu minhas pernas bem rapidamente usando as duas mãos apertando minhas coxas. Passou o dedo da minha boceta levando até o cuzinho. Enfiou o dedão pra sentir o quanto tava apertadinho. Abriu minha bunda e enfiou uma linguada na minha traseira. Eu queria mesmo dar! Deixei aquela pica gigante entrar na minha bundinha. Estava ficando toda arrombada por aquele safado que parecia só um jovem querendo se divertir, mas se revelou um taradinho mais experiente do que eu imaginava.

Sexo anal selvagem

O safadinho assumiu o controle com tanta rapidez e agilidade que eu fiquei até sem palavras. Não tinha muito o que fazer e usar das minhas artimanhas pra fazer ele gozar. O gostosão estava no comando e sabia exatamente o que fazer pra me dominar e me deixar maluca. Estava louquinha de tesão por ele, sentindo que iria ter orgasmos múltiplos se ele deixasse.

Começou a botar no meu cú! Hummmm, que tesão! Sentir aquela pica grossinha e dura na minha bunda foi delicioso demais. Ele mirou a cabecinha com a mão. Depois foi dando umas chacoalhadas bem na entrada do cú. Minha buceta estava pegando fogo! Agora ele botou um pouquinho e foi enfiando bem devagar. Depois parou na metade, segurou meu cabelo com certa força e perguntou: "Tem certeza que eu devo botar tudo sua piranha?" E eu fiz que sim com a cabeça. Eu tinha certeza que precisava sentir ele no anal mesmo a vara sendo grossa.

Na hora que ele fez essa pergunta eu senti um pouco de medo, mas o desafio me fez desejar ainda mais ter o cuzinho esfolado por aquele pauzudo. Ele começa a cutucar cada vez mais lá dentro e quando a pica chega no fundinho começo a alisar o grelo na busca deliciosa pelo primeiro orgasmo com ele. Fica mais gostoso, mais intenso, e ele sabe que tem o controle total agora de me fazer desmanchar de prazer ou de dor. Ele que escolhe.

Meu susto

Ficar nas mãos dele me fez ficar ainda mais excitada. Como eu gemia... E ficava dizendo "hummmm que delícia, come esse cú vai". Ele botando devagar, mas chegando lá no fundo, atolando profundamente dentro de mim. Foi quando de repente ele segurou no meu cabelo... Com força... Ele parou a penetração. Chegou bem perto do meu ouvido e falou: "Agora você vai se arrepender de ter pedido." Um olhar meu bem breve, de um segundo ou menos. Mas logo me entreguei a um sexo anal selvagem que ele sem parar enfiava no meu cuzinho. Ele pensou que iria doer mas eu já to acostumada com esse movimento. Senti ainda mais tesão e gostei das enfiadas quentes e rápidas.

Leitada na cara

Ele estava adorando e fodendo sem parar. Agora até gemia de tanto tesão em estar atravessando meu cú inteiro sem parar. Ele apenas queria gozar porque eu já podia sentir o pauzão dele latejando quase soltando toda a porra que tinha guardado dentro do saco. eu podia sentir chegando. Pedia pra ele ir mais rápido e senti ele se desmanchando de prazer dentro de mim. Quanta energia aquele safadão tinha pra mim. Ele estava quase ficando exausto mas não parava. O pau dele tava levando um chá de cú tão gostoso que ele não conseguia resistir. Deu uma paradinha pra não gozar. Ele queria continuar metendo e foi aí que eu gozei. Tremia inteira de tanto que eu gozava. Gemia sem parar "ahhhhhhhhhhhhhhhhhh que delíciiaaaa".

Ele tirou a caceta de dentro e logo botou dentro da minha boca. Ficou esfregando no meu rosto e batendo com o pau na minha cara. Eu agarrei aquela pica com a boca e comecei a chupar intensamente. Usava de toda a minha força pra sugar a cabeça do pau e depois fui para as bolas, lambendo sem parar como se tivesse num xxx gostoso pra você.

Rapidamente com as mãos correndo por um lado do pau eu ia chupando do outro lado e fazendo ele querer jorrar leitada na minha cara. Fiz isso só por alguns segundos. O saco dele começou a dar os primeiros sinais de uma gozada que estava por vir. Um saco bem durinho. Ele gozou demais pelo meu rosto, deixando escorrer e eu lambi tudinho. Engoli a porra dele com vontade porque a experiência tinha sido maravilhosa.

Dessa vez parece que não seria eu a seduzir, mas sim a ser seduzida.