Ninfetas

Salve nos FAVORITOS! Todos os dias xvídeos Novos!

Ninfetas | Vídeos pornô com ninfetas gostosas e safadas

Festinha com ninfetas na piscina

Sexta feira depois da aula inicia as ninfetas se sentem livres! Elas não precisam mais abrir o livro, apenas curtir o fim de semana.

A festinha já estava sendo organizada, na casa de uma colega. E alguns foram direto da escola para lá. Patrícia tinha acabado de chegar em casa, e depois de uma ducha rápida se dirigiu para a casa da amiga, para curtir o restante de sexta feira sem hora programada para retorno.

ninfetas

A festa estava bombando, mas Patrícia tinha olhos apenas para Lucas. O jovem loiro era atleta da escola, o motivo de muitas vezes tocar uma siririca no quarto antes de acordar e um dos meninos mais lindos do colégio.

Os olhos claros eram perfeitos na pele alva e bronzeada. Ele adorava uma praia, piscina e sempre mantinha o bronze, o que ficava ainda mais bonito com seu cabelo caindo de leve no rosto.

Lucas avistou Patrícia ao longe e seu mundo tinha parado por um instante. Ela estava cada vez mais linda, e ainda exibia a juventude em seu corpo por completo.

Uma ninfeta tesuda que todos os homens tinham desejo mas apenas ele tinha dado uns amassos. Foi em um dia na escola depois do intervalo. Quando todo mundo estava em sala de aula, os dois se esconderam no banheiro do vestiário. E curtiram ‘uns pegas’ com direito a mão na calcinha e beijos lambuzados. Naquele instante não teve sexo mas poderia.

Não dava para ignorar o quão gostosa estava a Patrícia hoje. Enquanto conversava com suas amigas ela olhava de lado discretamente.

Notou o par de olhos masculinos vidrado no seu corpo, e abriu ainda mais o decote. Os peitos duros e deliciosos estavam ali chamando a atenção de todos e constrangendo Lucas que por pouco não fica de pau duro enquanto conversa com os caras.

Ele se excitou mesmo com o shortinho curto, e o belo par de pernas a seu lado... Sonhando em ter esse corpo esbelto enlaçado em sua cintura para uma foda gostosa.

Beijos no jardim sob o luar

Das ninfetas gostosas na festa da piscina, Lucas queria apenas ela. Bebeu algumas cervejas e quanto mais ingeria, mais desejo tinha pela menina.

A troca de olhares pareceu ser eficiente na trasmissão de desejo, porque ela começou a andar para um lugar do jardim um pouco reservado e fez sinal para ele ir junto.

E Lucas foi? Claro! Não correu porque não queria deixar a sua intenção tão aparente.

Recostada em um muro, e longe dos olhos de terceiros a Patrícia relaxou. Abriu a boca devagar para receber os beijos do colega de classe que não poupou língua na sua boca.

Tinha um pouco de saliva a mais mas não a ponto de incomodar. Ela estava adorando ser beijada desta forma e queria mais, sempre mais. Queria ser agarrada e até mordida se assim ele quisesse.

O colega do sexo masculino, contudo, estava inspirado não em namoro de portão de meninas de escola. Estava inspirando em xvideos ninfetas com algumas imagens bem legais e queria fazer tudo isso ali.

Certificou-se de não poderem ser vistos ao longe pela galera da festa ainda rolando e na penumbra atacou usando as mãos como um felino atracaria em sua presa.

Em primeiro momento, nenhuma roupa foi tirada. Não era necessário. As mãos não encontraram sutiã por baixo da blusinha curtinha. Era apenas o peito de uma ninfetinhas durinho e com o mamilo explodindo de prazer.

Era o suficiente para ele meter a mão e apertar, afagar, sentir a textura e ir mais além passando os dedos com vontade. As carícias circulavam cada uma das tetas e ela gemia, respondendo apertando mais o beijo e o corpo dele contra o seu.

Os lábios ainda estavam colados quando o carinha de sorte resolveu ir além do que ela já tinha permitido. Por que não passar o dedo por dentro do shortinho?

Era curtinho e dando um jeito, esticando o tecido um pouco ele chegou ao ponto sensível de onde poderia sentir um pouco mais. Passou o dedo por cima da calcinha e sentiu ela se arrepiar toda. Tinha chegado ao ponto certo.

Sexo oral no jardim da festa

A blusa da jovem estava quase no pescoço de tão levantada e o peito estava na boca do adolescente querendo saciar seu desejo e gozar a todo custo nos próximos minutos.

Vontade ele tinha e o pau duro pulsava cada vez mais dentro da cueca quando ela acariciava por cima do tecido grosso de sua calça jeans. Algo a ser resolvido mas não por agora.

Cansado de ver gostosas nuas apenas pela tela do seu celular e embaixo do lençol, o jovem partiu para o ataque e fez bem feito.

Fazendo uso de apenas uma mão, ele abriu o shortinho da menina a abaixou as suas calças.

Deixou o short afastado enquanto ela nua se deixava tocar, prendendo um pouco a respiração para não gemer alto. O primeiro toque entre as suas pernas foi tão intenso que o grito não pode ser esquecido, mostrando o quão delicioso estava aquela ‘ficada’.

Buceta nua e então chegou o momento da ninfetinha sentir como é uma boa de verdade.

Foi ele quem ficou de joelhos e meteu a língua entre as pernas da garota.

Sentiu o sabor do pecado e quis mais, esfregando não apenas a língua como um dedo para ajudar a deixar as carícias mais fortes e muito mais saborosa.

A chupada de buceta deve ter durado alguns minutos, tempo suficiente para ela ter seu primeiro orgasmo.

Ela já tinha gozado e de uma forma deliciosa.

Chegou o momento de lucas agora. Sem conversa e sem cerimônia ele não escondeu o seu desejo de meter naquela bucetinha linda e se possível estraçalhar uma das minas mais gostosas do colégio.